sexta-feira, agosto 31, 2012

Deus ajuda -nos a crescer espiritualmente

1 Pedro 2: 1 e 2; 2 Pedro 3.18

        Precisamos estabelecer alvos de crescimento espiritual para as nossas vidas. Precisamos almejar sermos crentes melhores, mais comprometidos com Deus, com a igreja e cheios do Espírito Santo (Fl 3.12-14).

Áreas nas quais precisamos crescer:

1. Intimidade com Deus:

         Deus deseja relacionar-se conosco mais profundamente no nosso dia a dia, e tocar-nos com seu poder e com seu Espírito (Ef 5.18, 19).

2. Conhecimento da palavra:
   
         Meditar diariamente na palavra de Deus de uma forma profunda, buscando compreender aquilo que estamos lendo, deixando o Senhor falar ao nosso coração através do seu Espírito, até que nos sintamos alimentados. Ao ler a Bíblia tenha sempre um caderno e caneta para anotar o que deve ser colocado em prática na sua vida (Sl 119.11; Sl 1.2).

3. Nos relacionamentos:

A. Pedir perdão (Sl 32.5).
B. Perdoar (Mt 18.33-35).
C. Não reter no coração: mágoas, ódio e rancores (1 Jo 4. 20).
D. Não dar lugar ao ressentimento e amarguras (Hb 12.14, 15).
E. Amar a todos indistintamente (1 Pd 1.22; 2.17).

4. Nas contribuições:

           Na fidelidade ao Senhor com os nossos dízimos e ofertas, contribuindo com pontualidade, aumentando proporcionalmente nossas contribuições de acordo com nossa prosperidade (1 Co 16. 2; 2 Co 9.6-8).

5. Na evangelização:

                Estar envolvido com a nossa responsabilidade pelo evangelismo pessoal, antes do evangelismo coletivo, sabendo que, somos responsáveis diante de Deus por todos aqueles que estão ao nosso redor sem Jesus (Mc 16.15; Rm 1.16).

6. Na oração e adoração:
                
                 Ter um bom tempo de qualidade diante de Deus, para oração e adoração, orando diariamente em favor da família, igreja, pastores e líderes, enfermos, pelo avanço da obra missionária e do evangelho, pela nossa cidade, estado e nação, pelas demais nações e missionários que ali se encontram (1 Cr 29.20; Sl 96.9; 2 Tm 2.1-3).

7. No ministério:
   
                Crescermos cada vez mais no exercício dos nossos dons, procurando servir ao corpo de Cristo cada vez mais, com disposição, zelo e amor (Sl 100.2; Hb 12.28).

Conclusão: Estabeleça alvos, faça anotações, avalie a si mesmo, aprenda a ser autocrítico e busque as mudanças necessárias que você ainda não conquistou.

Postar um comentário